FALE CONOSCO: (69) 3225-6056    
Facebook      Youtube
  • Banner






22/09/2015

CORRIDA NA TERCEIRA IDADE

A corrida é cada vez mais procurada pela terceira idade. Confira dicas para a prática da atividade física

Diferentemente do passado, hoje, idosos estão mais ativos, trabalham mesmo depois da aposentadoria, possuem independência, autonomia e praticam os mais variados esportes.
Acorrida de rua, atividade física que melhora a resistência, a qualidade de vida e o funcionamento do sistema cardiorrespiratório, vem atraindo bastante o interesse deles. Porém, a
prática deve ser orientada, pois as alterações estruturais e mudanças funcionais na coluna de pessoas na terceira idade, influenciam no movimento do corpo durante a atividade esportiva.
"Nesta etapa da vida, o quadril torna-se mais rígido, a coluna possui limitações de movimento, as fibras musculares, a estrutura nervosa e principalmente, a massa óssea, vão se perdendo ao longo dos anos.
A prática da corrida auxilia na diminuição da perda da massa óssea e aumenta a massa muscular, o que faz com que a composição corporal melhore e a estabilidade articular aumente, prevenindo as quedas
comuns da terceira idade", explica o fisioterapeuta Helder Montenegro, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC) e do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC).
"Além disso, um treino aliado a exercícios visando à mobilidade do quadril e a manutenção da coluna ereta durante a corrida são fundamentais para uma melhor performance", completa.
Um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP), em 2013, analisou a força de impacto dos pés ao solo na corrida comparando idosos corredores a adultos jovens.
O trabalho mostrou que a extensão de quadril, a amplitude do movimento torácico e da coluna lombar no grupo da terceira idade foram menores devido ao déficit articular desta faixa etária.
O fisioterapeuta ressalta sobre a importância de procurar orientação médica antes de iniciar qualquer exercício físico, principalmente a corrida, e dá dicas para a prática na terceira idade. Confira:
1. Procurar orientação médica antes de iniciar a prática da corrida;
2. Respeitar as limitações do corpo e seguir em ritmo devagar ao início;
3. Manter-se hidratado antes, durante e depois da prática;
4. Para maior segurança, utilizar acessórios, como joelheira e cotoveleira;
5. O tênis deve ser confortável, com espaço para mexer todos os dedos, apoio total do calcanhar, amortecedor e sola que não escorregue.

Fonte: revistavivasaude.uol.com.br